Deambular por Barcelona

Doze horas em Barcelona, com uma mochila que parece conter o mundo, cada vez mais pesada com o passar das horas. E contém! Contém esperanças, roupas, cabos e máquinas, sapatilhas, livros e algumas mãos cheias de sonhos à mistura. (Escrevo-vos de Kuala Lumpur, uma cidade monstruosa, que até agora (não) nos encantou.) Saímos do aeroporto…