Mike, o homem do Tuktuk

Viver fora da nossa zona de conforto é viciante. Experimentamos o desconhecido, pé ante pé, de pupilas dilatadas e com todos os poros do nosso corpo em alerta. Aí, algo acontece e transformamos o desconforto daquele desconhecido numa nova zona de conforto. A adrenalina é tal, que o nosso corpo começa a querer mais e…

Ella – Kandy, a viagem de comboio mais bonita do mundo

O dia começou cedo, e adivinha-se que vá terminar tarde. Depois de um pequeno-almoço abastado, o Mike (o tuktuk driver mais culto do Srilanka, nomeado pelo júri mega exigente Ferraz e Martinez) levou-nos à estação de Kandy, depois de nos abastecermos no mercado local de petiscos com uns snacks para a nossa viagem de 6h…

Civilização

Saímos do nosso querido Primeiro Mundo rumo a um país desconhecido. Deixamos para trás o choque de encontrar garrafas de água em Frankfurt a preço de ouro e caras aborrecidas por todo o lado para entrarmos num país, onde, até agora, nem uma garrafa de água compramos. Oferecem-nos água engarrafada, selada, em todos os sítios…

E em Penang apaixonamo-nos pela comida

Que é como quem diz… Não nos rendemos às barracas de comida de todas as nações, mas conseguimos encontrar locais com cheiros e sabores deliciosos, limpos e com pessoas simpáticas que (quase) nos fizeram sentir em casa.  Chegamos a Penang traumatizados com a comida de rua de Kuala Lumpur, onde nos obrigamos a alimentar-nos nos…

A tal da Confort zone!

E eis que estou aqui, em Andorra, sem nunca ter visto neve antes, nem uma prancha de snowboard à frente do meu nariz. Até há três dias atrás.  Eu que não gosto de zonas de “desconforto”, mas gosto de sair da zona de conforto. (Sou uma rapariga, por isso é fácil de perceber isto, não…