Deambular por Barcelona

Doze horas em Barcelona, com uma mochila que parece conter o mundo, cada vez mais pesada com o passar das horas. E contém! Contém esperanças, roupas, cabos e máquinas, sapatilhas, livros e algumas mãos cheias de sonhos à mistura.

(Escrevo-vos de Kuala Lumpur, uma cidade monstruosa, que até agora (não) nos encantou.)

Saímos do aeroporto e embrenhamos no Bairro Gótico, numa Barcelona intimista e simpática, com gentes alegres e despachadas. Não sabíamos ao certo o que procurávamos, mas adoramos o que acabamos por encontrar. Connosco, acaba sempre por ser assim. Na incerteza dos dias, encontramos aquilo que faz sentido. E sabem? Sabe bem viver assim.

(Do lado de lá da janela, está uma tempestade monstra. E nós aqui, saboreamos um chocolate quente e um capuccino. Eu no meio das palavras, ele no meio das fotos: recordamos. Relatamos. Quando a chuva parar, vão estar 30 graus lá fora. E um calor poluído, pouco natural.)

Subimos à torre da Catedral de Santa Maria del Pi, onde nos demoramos em conversa com o Pascoal, prestável e bem disposto. Após cento e muito degraus de pedra, cada vez mais estreitos, conversamos sobre temas diversos sobre a mesma cidade, e fomos inteirando-nos de tudo o que a cidade tem para nos oferecer, por trás do seu véu turístico. Além das origens desta catedral: é que Pi vem de Pinheiro e não do famoso número mágico. Quem diria? As mochilas não nos impediram de morrer de sono, e permitiram-nos, a seu tempo, ceder à gula com chocolate feito à nossa frente, prontinho a comer.

(Kuala Lumpur tem contrastes. Simpatia e antipatia. Sol infernal e chuva. Tartarugas presas em pátios fechados e esquilos a subir pelas árvores em parques naturais. Pessoas de linguagem apressada, numa cidade tão atolhada de automóveis que é impossível ter pressa.)

Deambulamos por Barcelona, com a cabeça na Malásia. A chuva agora parou lá fora: vamos jantar, e conhecer a Chinatown e o Butik bitang. Acabamos de chegar, mas antes de partirmos vamos certamente encontrar motivos para querer ficar mais tempo. Para voltar!

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s